quinta-feira

Adélia Prado. Porque escrevo...

“Boa pergunta. É necessário que eu escreva, acho que é uma necessidade divina de mostrar a Sua face, o espírito quer ser adorado, ele quer ser visto. Deus precisa fatalmente de mostrar a Sua face e a arte é uma mediação para a divindade. Então, neste caso, tenho que ser dócil a este desejo divino. Não obedecer a isto é pecar, é um pecado capital, eu não sou dona disto, não posso falar: não vou escrever mais, isto seria o máximo do orgulho, então eu tenho que escrever.”

Principais obras: Bagagem, O Coração Disparado, Poesia Reunida

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações.



Share/Save/Bookmark

4 comentários:

  1. Salve !
    Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi.
    Não se assuste, já percebi que existem alguns blogs muito parecidos com o meu, ainda bem que estou no ar desde 2006 - tem um que chega a ser discaradamente igual inclusive no corpo de letra (até o layout é igual...falta de criatividade é um problema).Infelizmente, no momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
    http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
    VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
    Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
    Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
    Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
    Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre e que os bons ventos sopre, sempre a seu favor.
    Saudações Florestais !
    Silvana Nunes.'.

    ResponderExcluir
  2. Olá Silvana!

    Muito obrigado pela visita e comentário.

    Gostei muito do seu blog: FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... Nunca vi nada igual. Deve refletir uma pessoa igualmente interessante. É muito importante o que faz, e como faz, na divulgação desse aspecto da alma brasileira que, infelizmente não vemos muito por aí, o que acaba por deixar as nossas crianças, e o povo no geral, à mercê de “estrangeirismos”, divulgados de bom grado pela mídia e publicidade.

    Confira, se já não o conhece, neste endereço, um movimento de revitalização do Saci, junto com proposta de adotá-lo como mascote em 2016, em lugar do já sugerido Zé Carioca, do Wall Disney: “Saci, revitalização do personagem nacional em contraposição ao Haloween, e candidato a mascote da Copa 2014",( http://coisaseboas.blogspot.com/2009/11/saci-revitalizacao-do-personagem.html ).

    Voltarei ao seu blog mais vezes para continuar conferindo, e me informando, mais sobre a cultura nacional.

    Um grande abraço/ J.José

    ResponderExcluir
  3. Gilmar Fernandes Leite Sou Professor de Filosofia, Sociologia e Historia da rede pública de ensino,gostaria de lançar um projeto ressaltando o nome de Adélia Prado. Será na Região de Curvelo-MG em Morro da Garça. lembrando: fazer-se conhecer vida e obra da autora para que assim se torna mais conhecida e apreciada em nossa cidade. Meu e-mail é fernandesdecora@hotmail.com favor me dar um retorno por favor assim explico todo o projeto.
    atenciosamente Prof.Gilmar Fernandes Leite

    ResponderExcluir
  4. Olá, Gilmar!

    Boa ideia. Entrarei em contato em breve.

    Um abraço

    ResponderExcluir

Todo comentário em artigos, com qualquer data, será bem vindo, lido, apreciado e postado.
Sinta-se à vontade!