quinta-feira

4º Concurso Nacional Julio Salusse – Contos, Crônicas e Poesias

.
Como pode ver, lugar para mostrar e partilhar sua veia criativa não falta, e o melhor, ainda recebe por isso, não só reconhecimento, mas dinheiro vivo. Brincadeira!
Confira o concurso abaixo:
Informações:
a) Voltado a residentes no Brasil
b) Contos, Crônicas e Poesias
c) Com tema
d) Inscrição pela internet (conforme o Regulamento)

Premiação:
I) Prêmio em dinheiro
Prazo: 08 de outubro de 2017

Organização:
Academia Friburguense de Letras

Contato - Mais informações e Dúvidas:
Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

Ainda dá tempo! Concursos literários ‘regionais’

.
Por problemas técnicos, entre aspas, tivemos um ‘intermezzo’ na divulgação de concursos literários, em que pese a contradição, já que um dos objetivos do blog é, exatamente, divulgar o livro e a leitura, logo a produção literária, ‘só’, tem tudo a ver com isso.

Estes concursos abaixo têm um alcance restrito, limitado às respectivas áreas de origem. É um claro estímulo à produção literária ‘da terra’.
Se for o seu caso, confira:
Concurso de Contos Dirceu Lindoso (#AL)

Informações:

a) Restrito a residentes no Estado de Alagoas

Prazo:
29 de setembro de 2017

Organização:
Prefeitura de Maragogi - AL

Contato - Mais informações e Dúvidas:
https://www.facebook.com/pg/prefeiturademaragogi/about/?ref=page_internal

Regulamento:

*
Concurso de Contos de Pinhais (#Pinhais-PR)
Informações:

a) Restrito a residentes em Pinhais - PR

Prazo:
21 de setembro de 2017

Organização:
Prefeitura de Pinhais - PR

Regulamento:

*
XV Concurso Regional Oscar Bertholdo (#RS)
Informações:

a) Restrito a residentes no Nordeste do Rio Grande do Sul
b) Contos, Crônicas e Poesias

Prazo:
22 de setembro de 2017

Organização:
Prefeitura de Farroupilha - RS
Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac

Contato - Mais informações e Dúvidas:
3261-7923

Regulamento:



Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Embora pareça uma boa ideia, o e-book não é um bom ‘veiculo’ de leitura

.

Se o livro em si mesmo, com textura, cor e cheiro, além de um belo visual na estante, que ampliam a sensação/relação de contato e prazer na leitura, vem perdendo espaço para, digamos... Novas tecnologias, o e-book, embora pareça uma boa ideia e/ou atenuante neste mundo tão virtualizado, acho que não ajuda muito na continuidade, iniciação e ou retomada do hábito de leitura.

À exceção de uma “fria” pesquisa, sobretudo em livros técnicos a “frieza digital”, do e-book pode fazer um desserviço à causa do livro/leitura, logo, se quer se iniciar ou mesmo continuar a curtir um bom livro, mesmo! Você deve ler livro de papel.

É isso! Simples assim: livro de papel.
Leia também:
- E aí, cadê os livros?... (e os leitores...?)
- Dicas muito boas para facilitar o hábito/prazer de leitura dos seus filhos
- Mães são as responsáveis pela iniciação à leitura
- Já não se lê pelas ruas como antigamente. Participe da ‘pesquisa’!
Bibliotecas ainda, entre aspas, têm aos montes por aí – e às moscas – e uma fichinha básica é simples e rápida.

Sites e blogues ‘incentivadores’ do livro e da leitura, estranhamente, oferecem links de e-books para eventuais interessados, provavelmente, a título de estímulo/facilidade, como se o ‘obstáculo fosse o preço do livro e/ou a dificuldade de acesso ou aquisição.

Como nos referimos acima, as bibliotecas que existem por toda parte e estão a sua espera, além dos inúmeros sebos de usados que “vendem a preços de banana”, como se dizia, porque, hoje, a banana, com certeza, custa bem mais caro. 

Logo, para quem gosta de ler e, também, de tê-los por perto, ao alcance das mãos e dos olhos (como eu), o usado dá uma grande força. 

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

O que é, mesmo, uma resenha?

.
Veja definições segundo o guia para a elaboração de trabalhos escritos - UFRGS

Tipo de resumo crítico, contudo mais abrangente: permite comentários e opiniões, inclui julgamento de valor, comparação com outras obras da mesma área e avaliação da relevância da obra em relação às outras do mesmo gênero, por isso normalmente a resenha é uma tarefa para especialistas no assunto, como professores de determinada área.

Segundo Andrade (1997), resenha é um relato minucioso das propriedades de um objeto, ou de suas partes constitutivas; é um tipo de redação técnica que inclui variadas modalidades de textos: descrição, narração e dissertação.

Estruturalmente, descreve as propriedades da obra (descrição física da obra), relata as credenciais do autor, resume a obra, apresenta suas conclusões e metodologia empregada.
Estrutura
A resenha deve ser escrita em terceira pessoa, implicando em certa neutralidade, o que é limitado, porque na seleção e organização do texto já ocorre intenção de quem escreve.
Elementos de Identificação
Uma resenha deve conter os seguintes elementos:
 - Autor; 
 - Título; 
 - Local da Publicação; 
 - Editora; 
 - Data; 
 - Edição; 
 - Tamanho; 
 - Autoria; 
 - Resumo; 
 - Tipo de Livro; 
 - Bibliografia; 
 - Apreciação.
Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Concurso literário Trema de Literatura

.
Prosa.
Aberto a todos os interessados e as inscrições vão até 25 de junho de 2017.
Mais informações, regulamento e inscrições nos endereços:
Premiação em dinheiro e livros
Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações
*

Share/Save/Bookmark

sexta-feira

Se é escritor(a) – ou candidato a... – um concurso para você. Confira!

.
e-Antologia - LuvBook

Para participar do concurso, deve ser escrito uma História inédita 
com o tema Amizade na categoria New Adult

Pontos importantes:

A história deve ser contemporânea.

Deverá ser publicado na categoria New Adult, que representa o público de 18 à 25 anos.

Precisa ser em português, não pode ser erótico (Hot, +18) e deve ter entre 50.000 e 90.000 caracteres(sem espaço).

Será aceitos histórias de 01 de Junho até 20 de Setembro de 2017.

Lei mais sobre como participar e premiação, aqui.

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Concurso Literário Mulheres Contistas

É uma edição específica para mulheres, ou melhor, para mulheres contistas.

As inscrições podem ser feitas via internet até o dia 20 de junho de 2017.

Confira mais informações abaixo:

Regulamento:

Contato - Mais informações e Dúvidas:

Organização:

Editora Zouk | Casa da Mãe Joanna

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações



Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Nossas desculpas e esclarecimentos


*

Pedimos desculpas aos nossos leitores usuais pela suspensão tão prolongada na atualização do nosso blog.

Problemas técnicos sérios e inusitados nos deixaram – pela primeira vez – sem alternativas por período tão longo.

Agradecemos muito pelas visitas e apoio tão importantes para nós e esperamos poder continuar contando com sua atenção.

 Um grande abraço


J.José/Cayero Fernandes/Paulo Athayde


*

Share/Save/Bookmark

quarta-feira

Três concursos literários continuam com inscrições abertas. Ainda dá tempo!

.

Para escritores, escrevinhadores e candidatos ao metiér. Ainda dá tempo! 

Ia dizer boa sorte, mas, não sei se cabe nestes casos, não é verdade?

- Prêmio São Paulo de Literatura (#Brasil)
a) Romances com primeira edição no Brasil no ano de 2016

b) Categorias: autor não estreante, autor estreante menor de 40 anos / maior de 40 anos

Premiação:

I) Prêmio em dinheiro

Prazo: 20 de abril de 2017

Mais informações, aqui.

- Concurso de Poesia Arte no Limite Humano
a) Aberto a todos os interessados

b) Inscrição pela internet (conforme o Regulamento)

Prazo: 28 de abril de 2017

Mais informações aqui.

- Prémio Literário Maria Rosa Colaço (#Portugal)
a) Voltado a cidadãos de nacionalidade portuguesa

b) Literatura Infantil

Premiação:
 
I) Prêmio em dinheiro

Prazo: 30 de abril de 2017

Mais informações aqui.
*
É isso!

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

segunda-feira

E aí, cadê os livros?... (e os leitores...?)

.

Quando se fala em livros, mais especificamente na crise no universo dos livros, a idéia que nos surge são ‘só’ os romances e coisas do gênero, entre aspas, ou seja, a leitura em seu sentido mais cultural e/ou entretenimento.

O uso como aliado nos processos educacionais formais passa batido.

É que este binômio, cultura/entretenimento, vem encontrando adversários de peso sob a forma de milhões de celulares/smarts fones que inundam as cidades – quase um por habitante visível nas grandes cidades – o que configuram adversários, senão inimigos consideráveis. 

É a imagem mais comum: alguém passando o dedo na telinha em todo e qualquer lugar. Ver alguém lendo um livro... Pode-se até conceder um premio para quem vir um por aí.

Tudo isso aliado ao fato de o velho hábito de leitura não estar mais sendo ‘gerado’ via influencia/exemplo dos mais velhos em casa – leia-se pais – e sendo deixado meio de lado em outro local de ‘hábito/reprodução’ que seriam professores/escolas... Fica difícil.

Logo, com adversários de peso como enumeramos acima e sem aliados tradicionais... 

Veja que não fizemos referencia aos e-books, que, pelo visto atrapalham mais que ajudam nesta cruzada pro - livro.

Outro aliado de peso, a biblioteca, vem servindo mais como lugar de encontro para estudo /trabalho. Basta visitar uma e dar uma olhada em seu setor de empréstimos que, com certeza, estará às moscas.

A nível de empresas é um negócio como outro qualquer e se está “pegando” é hora de desativar, de mudar de ramo.

Uma saída seria atuação de governos, com políticas de incentivo ao livro, medidas que favoreçam tanto as empresas como ao livro/leitura em si, sobretudo no que se refere aos preços e facilidade de acesso. Como pode ver no primeiro link abaixo, sobre medidas tomadas que, ainda, não viraram moda, mas que contribuem neste sentido.
Veja também:
- Crise nas livrarias: a única saída é pensar em uma saída
Tivemos... O tempo do verbo é para não ficarmos fora dos novos tempos, já que o governo interino, pós-golpe vem investindo muito nesta área, sobretudo em desativar, desarticular, ‘desfinanciar... ’. Logo, a iniciativa local neste sentido, de estimulo ao livro, pode ter virado coisa do passado.

É o programa uma biblioteca por município dos ‘governos anteriores’. Veja aqui.
Como pode ver, é uma luta ‘sem quartel’, como se diz, e uma das frentes e a continuação, senão o resgate, de nosso apreço pelo binômio livro/leitura. É, parece a mesma coisas, mas nem todo mundo curte os dois

Eu, por exemplo, sou um aficionado, também, pelos livros. Como diriam, um bibliófilo típico.

E você, a quantas andam suas incursões nas páginas dos livros?

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark